“Tampinha Legal” é case destaque na programação do 3º Congresso Brasileiro do Plástico

O programa Tampinha Legal, criado em 2016, já destinou R$ 200 mil para entidades assistenciais e atualmente arrecada três toneladas de tampinhas por semana, e o número vem crescendo constantemente. O programa foi um case de destaque do 3º Congresso Brasileiro do Plástico (3CBP), realizado nesta terça-feira, 16 de outubro, em Porto Alegre.

Com um formato de economia circular que visa incentivar as pessoas e entidades assistenciais a recolherem tampas plásticas de qualquer embalagem, o programa prevê a venda do material para empresas de reciclagem. Na sequência, ele vai para as indústrias onde retorna à cadeia de produção. Os recursos obtidos com a venda das tampinhas são destinados diretamente para as instituições sociais sem que estas sejam oneradas.

O presidente do 3CBP, também presidente do Instituto SustenPlást – idealizador do projeto – Alfredo Schmitt, conta que as tampinhas já são consideradas as novas moedas de solidariedade. “A Azul foi a primeira companhia aérea a fazer parte do programa. As tampinhas recolhidas por eles em todo o Brasil são entregues em Porto Alegre para fazer parte do projeto”.  A coordenadora do Tampinha Legal, Simara Souza, disse que para alcançar o objetivo de expandir o projeto para todo o território nacional, foram criadas plataformas digitais, como site e aplicativo, que contém materiais informativos para que escolas e outras instituições interessadas possam replicar o programa, por exemplo. Simara explicou também que o Tampinha Legal já existe em cidades do Norte, Nordesde, Sul e Sudeste do Brasil. Ela destacou que qualquer empresa pode ser parceira do projeto e a adesão é simples.

O 3° Congresso Brasileiro do Plástico é um evento bianual promovido pelo Instituto SustenPlást e pelos três sindicatos gaúchos do setor: Sindicato das Indústrias de Material Plástico no Estado do RS (Sinplast), Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) e Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale do Vinhedos (Simplavi).